Escola Técnica Santos Dumont




12 características do profissional que o mercado procura em 2018


 


1) Saber lidar com pressão


O profissional precisa, mesmo em um ambiente de cobranças e pressão, ser produtivo. O que isso significa? Mesmo em momentos de crise, dificuldades na empresa ou até mesmo escassez de recursos, ele precisa se manter focado e entregar resultados. Resumindo: ter resiliência.


 


2) Bom relacionamento interpessoal


Essa habilidade indica que o profissional se relaciona bem tanto dentro como fora da empresa e em todos os níveis hierárquicos. É alguém que sabe se comportar e assim conquista pessoas com quem pode contar em todos os níveis hierárquicos e até em outras empresas.


 


3) Ter visão de dono


Significa estar atento a tudo que acontece dentro da empresa. Dar sugestões para poder reduzir custos, ver novas oportunidades de melhoria, oportunidades de mercado. Ou seja, estar atento ao que está acontecendo fora para que seja aplicado na empresa também.


 


4) Posicionamento com elegância e educação


Pode até parecer algo óbvio, mas não é. O perfil que o mercado procura envolve saber se posicionar quando necessário. Significa que se o colaborador não concorda com algo, ele pode expor sua opinião contrária, mas de uma forma agregadora e não conflituosa. De uma maneira que as pessoas compreendam que não se trata de um conflito, mas do fato de alguém pensar diferente. Que a pessoa não vai se rebelar se não for feito do jeito que ela está propondo.


 


5) Persistência


Não é à toa que essa é uma das habilidades no perfil que o mercado procura em um profissional. Alguém que mantenha o seu foco com comprometimento, engajamento, com envolvimento, mas sabendo também o limite tênue entre ser insistente e se tornar um chato na organização. Cuidado para não ser aquela pessoa que sempre abre a boca para falar e as pessoas logo pensam: “Lá vem ele! Enquanto não concordarmos, não vai parar de falar”.


 


6) Atualizado


O profissional que hoje deseja se destacar em sua carreira precisa estar sempre estudando, formal e informalmente. Precisa ser curioso e estar sempre em busca de novidades.


 


7) Domínio Técnico


Dominar a parte técnica de sua função, ser um bom profissional, nunca vai sair da lista de requisitos do perfil que o mercado procura. Sempre foi importante e continuará sendo.


 


8) Flexibilidade


Às vezes será preciso desempenhar várias tarefas. Essa questão de descrição de cargo está em desuso, o futuro é de um profissional com foco técnico, mas que também seja mais disponível e flexível.


 


9) Inovação


O profissional que tem o perfil que o mercado procura precisa fazer mais com menos o tempo inteiro. Sempre oferecendo melhorias que envolvam baixo custo.


 


10) Atento a novas formas de trabalho


Sabe a importância do networking? Pois é! O profissional precisa ter bons contatos que abram portas para outras opções de trabalho. Como por exemplo: permutas de serviços, parcerias com outras empresas e até mesmo ampliação do portfólio por meio dessas parcerias.


 


11) Conhecimento sobre áreas correlatas


Essa precisa ser uma estratégia para aumentar o seu escopo de aprendizagem. Aprender sobre áreas correlatas, áreas que podem agregar à sua. Nesse sentido, a área de gestão de pessoas é um diferencial porque todas as áreas trabalham com pessoas: marketing, produção, comercial, entre tantas outras.


 


12) Vivências fora do ambiente profissional


O perfil que o mercado procura é de alguém que tenha uma vida além do trabalho, mas que traga realizações e visão de mundo que o tornem uma pessoa mais engajada profissional e socialmente. Nesse sentido, participação em projetos sociais, ONGs e até vivências internacionais contam muito!